Causa Mortis: Corrosão de Armaduras

Autores: Elorci de Lima, José Rossi, Paulo R. L. Helene

Resumo: O trabalho relata a fatalidade ocorrida no dia 16/01/1999, que resultou no falecimento de um rapaz de 22 anos, em função da ruína e queda de parte da estrutura de uma laje suplementar no prédio localizado na esquina da avenida Paulista com a rua Augusta, na cidade de São Paulo.  A conclusão final da análise do problema, determinou como causa principal da ocorrência da queda: corrosão das armaduras dos tirantes de sustentação da laje suplementar.

O projeto original do edifício data de 1963 e não contém a laje suplementar que desabou, o que nos leva a crer que foi construída posteriormente.  A inexistência dos projetos da laje suplementar, impossibilita a simples verificação de suas memórias, obrigando-nos a elaborar cálculos com base no encontrado “in loco” e a adotar premissas em função dos resultados de ensaios realizados.

O trabalho é importante como instrumento de alerta aos profissionais que se dedicam a cálculos estruturais; para aqueles que executam obras de reforma com alterações de projeto e principalmente para quem elabora laudos técnicos de condições de segurança nas estruturas, pois esta última modalidade sempre se depara com a impossibilidade de acesso às áreas problemáticas em conjunto com a falta de informações de mudanças inseridas no projeto original.

Publicado em: IV Simpósio EPUSP sobre Estruturas de Concreto, São Paulo, 2000

Submetido por: Comissão Organizadora

Download artigo completo - (português - permite tradução)