Traçado dos Cabos em Vigas Contínuas Protendidas

Autores: Rodrigo J. Costa Nóbrega, Bernardo Horowitz

Resumo: Este trabalho apresenta programa desenvolvido para traçar os cabos de protensão a partir de trechos formados pelos segmentos concordantes: “parabólico – retilíneo – parabólico”. Tal programa é de fácil utilização e permite, de forma rápida, visualizar os cabos. Definido o traçado do cabo, o programa calcula suas perdas imediatas. No caso de uma viga contínua, as deformações causadas pela operação da protensão, quando restringidos pelos apoios, em geral, produzem reações que resultam em momentos fletores adicionais. Estes momentos são chamados de hiperestáticos, secundários ou parasitas.

Após o cálculo destes hiperestáticos de protensão, o programa computa as perdas diferidas (ao longo do tempo), finalizando com o cálculo das tensões nas fibras extremas da seção transversal para as diversas etapas de protensão.

O programa é particularmente conveniente quando se utiliza o procedimento desenvolvido para pré-dimensionamento da protensão que utiliza ferramentas de otimização. Este procedimento, recentemente divulgado e aqui brevemente descrito, fornece além da força ótima de protensão o “fuso” de passagem dos cabos que baliza o seu traçado. A aplicação do programa desenvolvido é ilustrada através de três exemplos: viga contínua de edifício de três vãos, seguido da análise de vigas contínuas de pontes rodoviárias de dois e três vãos.

Publicado em: V Simpósio EPUSP sobre Estruturas de Concreto, São Paulo, 2003

Submetido por: Comissão Organizadora

Download artigo completo