Aditivos de concreto entram na era da nanotecnologia

Por: Altair Santos

A nanotecnologia começa a ser testada em aditivos de concreto para aprimorar as qualidades do material. As microestruturas têm a propriedade de realçar características como resistência e robustez, além de influenciar na permeabilidade e na cura do material. “É uma série de vantagens, entre elas a redução no consumo de água e a diminuição na emissão de CO₂para produzir a mesma quantidade de concreto, além da rapidez na cura interna, o que torna o material mais resistente”, diz Fabricio André Buzeto, coordenador de tecnologia da Basf.

Fonte / Leia Mais

Um concreto autorregenerador ?

Uma equipe de pesquisadores da universidade inglesa de Northumbria trabalha sobre um concreto autorregenerador que pode muito bem relegar ao esquecimento os problemas de fissuras encontrados em certos edifícios.

Leia artigo completo e download...

Concreto Branco - Carlos Campos

Panorama Internacional

Tem-se noticias da fabricação do cimento branco desde 1887. Em 1966 foi construída uma passarela de pedestres sobre um dos braços do Rio Reno, próximo a Wiesbadem, Alemanha, utilizando cimento branco. Em 1972, afirmava-se, na Alemanha, que a aplicação do cimento branco estava no auge. Em 1973 criava-se em Paris uma associação, sem fins lucrativos, BETOCIB, Béton de Ciment Blanc, Associação para a promoção da arquitetura em concreto de cimento branco, composta por arquitetos, projetistas, produtores de insumos e fornecedores de agregados. Distribui boletins técnicos e recomendações para execução de obras com o uso do cimento branco.

Leia artigo completo e download...